Como manter uma boa saúde ocular

Atualmente há uma grande busca pela saúde, isso faz com que muitas vezes, busquemos uma alimentação mais saudável, praticar exercícios físicos e aderir a demais hábitos que enalteçam a saúde. Porém, o que muitas vezes não nos damos conta é o quão nossos olhos são deixados de lado. A saúde ocular também é de extrema importância para uma boa qualidade de vida. Sendo assim, neste texto, foram separadas informações relevantes a fim de manter seus olhos sempre saudáveis.

De inicio, é importante contar com um bom oftalmologista. Todos, até mesmo as crianças pequenas, devem ter seus olhos examinados regularmente. Isto é particularmente importante para uma boa saúde ocular, bem como a do organismo como um todo. Realizar exames de vista regularmente pode ajudar a proteger a vista e garantir que você está enxergando bem. Conheça o Dr. Artur Schmitt, um profissional sério com a experiência e qualificação necessária para ajudar a manter sua saúde ocular sempre em dia.

Cuidados com os olhos no frio

O outono e inverno são estações que levam as pessoas a ficarem mais elegantes, mas e asaúde dos olhos? Ela também exige cuidados específicos.

Nos períodos de frio e tempo seco, os distúrbios oftalmológicos mais recorrentes são ascrises alérgicas, principalmente a conjuntivite, e a síndrome do olho seco.

Cuidados com os olhos no calor

O principal cuidado que deve ser observado, é evitar a exposição excessiva dos olhos aos raios solares, uma vez que esta atitude poderá gerar transtornos na retina e também catarata.

Porém, também é importante levar em consideração aspectos como cloro de piscina, sal do mar, protetor solar para a pele, entre outros.

Antes de entrar na piscina, verifique se local não foi descontaminado recentemente. O cloro e os produtos químicos também podem agredir os olhos. É preciso esperar pelo menos duas horas, após a aplicação do cloro, para entrar na água.

Os males para a saúde ocular

A conjuntivite, sem dúvida, é uma das doenças mais conhecidas se tratando de visão, ela é a inflamação na conjuntiva ocular – membrana que recobre a parte externa do olho. Geralmente a doença acomete os dois olhos, dura de uma a duas semanas e é de costume que não deixe sequelas. Pode ser causada por vários motivos, como vírus e bactérias (conjuntivite infeciosa), ou por produtos químicos ou tóxicos (conjuntivite alérgica). Entre os sintomas estão olhos vermelhos, ardência, inchaço e lacrimejamento.

Uma coisa que é um grande vilão para a saúde dos olhos é a fumaça do cigarro. Apesar de poucas pessoas se darem conta, ela é um irritante que piora os sintomas de olho seco não só para o fumante, mas também para quem tem contato com a fumaça de forma passiva. Isso causa sintomas que vão desde uma leve irritação dos olhos até lacrimejamento excessivo, queimação, prurido, entre outros.

Um oftalmologista de confiança é a única pessoa que pode determinar se seus olhos estão saudáveis e se você está enxergando bem e gozando de boa saúde ocular.

A idade e a degeneração dos olhos

Conforme os anos vão passando, há uma degeneração do organismo em geral, nos olhos isso também ocorre, porém pode haver uma degeneração mais elevada, é a chamada Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI). Por isso é importante ter muitos cuidados com a saúde ocular, de forma preventiva.

As pessoas de peles e olhos claros (azuis e verdes) são mais suscetíveis à Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI). Isso significa que tal grupo precisa adotar com ainda mais afinco algumas medidas preventivas, em especial a partir dos 50 anos de idade. Tanto nos momentos de lazer quanto nos afazeres do cotidiano.

O uso óculos de escuros de marcas confiáveis, com proteção aos raios ultravioleta, pode ajudar na prevenção da DMRI. Na praia ou na piscina, use também bonés ou, de preferência, chapéus de abas largas. O tabagismo é outro hábito que precisa ser abandonado por todos aqueles que desejam se ver livres do risco de desenvolver a DMRI.

Atualmente existem vários tratamentos para a Degeneração Macular, sendo a aplicação de modernos medicamentos dentro do olho (injeções intra-vítreas) o tratamento de maior utilização. Os medicamentos mais utilizados são : Avastin e Lucentis. Estes dois são capazes de melhorar a visão da maioria dos  pacientes com degeneração da retina.

Oftalmologista em Curitiba

O Dr Artur Schmitt é Mestre e Doutorado (PhD) pela UFPR e especialista pelo Bascom Palmer Eye Institute da Universidade de Miami, eleito nos últimos 12 anos o melhor hospital de olhos dos EUA. O Dr Artur Schmitt realiza seus atendimentos em moderno consultório oftalmológico em Curitiba. Para saber mais sobre o tratamento de degeneração macular relacionada à idade ( DMRI ou degeneração macular senil ) acesse WWW.arturschmitt.com.br ou ligue para  41 30752018 ou 41 30752020



Deixe uma resposta

Cirurgia de Ceratocone em Curitiba