cirurgia-de-catarata-em-curitiba-5
  • 0

Com o envelhecimento é natural nosso organismo perder determinadas características e ficar mais exposto a condições adversas, com os olhos não é diferente e a catarata surge como uma das principais doenças que resulta em perda progressiva da visão.

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) por ano são diagnosticados mais de 500 mil casos de catarata.

Nosso olho é composto de diversas partes, uma delas é o CRISTALINO, que fica alojado atrás da córnea, é uma espécie de lente natural dos olhos e sua principal função é a refração da luz, que é a mudança de estado da onda de luz, reduzindo seu comprimento e focando no fundo do olho, onde a imagem será captada.

O processo de refração é fundamental para uma visão nítida e clara. Se a luz refratada no fundo do olho estiver difusa a imagem ficará borrada e nossa visão será prejudicada.

É no cristalino que a catarata atua. Com o tempo o cristalino vai ficando opaco e esbranquiçado, o que resulta na modificação de sua funcionalidade, alterando as propriedades de onda de luz que são refletidas no fundo olho, a visão fica embaçada, perde brilho, cor, contraste e, aos poucos, o paciente vai deixando de enxergar.

Segundo o oftalmologista Dr. Artur Schmitt, nos estágios iniciais o paciente não percebe exatamente que está perdendo a visão, muitas vezes tenta substituir os óculos, mas sem sucesso, e a catarata continua avançando.

O médico cirurgião especializado em oftalmologia explica que a catarata não é exatamente uma doença, mas uma condição natural do envelhecimento, que praticamente todos iremos enfrentar, o diagnóstico costuma ser feito entre 50 e 60 anos de idade. Quanto mais avançada a idade, mais a prevalência da catarata. Entre 60 e 69 anos, 42% das pessoas podem desenvolver catarata, a partir dos 70 anos esse número pode chegar a quase 70%!

Como é o tratamento da catarata?

O cristalino afetado pela catarata fica opaco, impedindo a passagem da luz, resultando até mesmo na cegueira, por isso é necessário sua remoção através de uma cirurgia conhecida como FACOEMULSIFICAÇÃO, a técnica vem sendo aprimorada durante muitos anos e hoje é um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados no MUNDO, e com menores índices de complicações.

A cirurgia é realizada com um equipamento especial que utiliza tecnologia de ULTRASSOM para “quebrar” a catarata em pequenos pedaços e, ao mesmo tempo, aspirar para fora do olho, retirando de forma definitiva a catarata, curando o paciente.

A cirurgia é muito rápida e indolor, e apesar de ser um procedimento relativamente simples é preciso todo cuidado técnico e habilidade do cirurgião para não danificar o olho do paciente, o corte realizado é microscópico, cerca de 2,5mm, não necessita sequer de sutura, já que a região da córnea cicatriza com muita facilidade.

Como é indolor não precisa de anestesia para a cirurgia, somente um colírio anestésico e o paciente é liberado logo após a cirurgia.

A LENTE INTRAOCULAR

Após a remoção da catarata é necessário substituir o CRISTALINO DO OLHO por uma lente artificial, conhecida como LENTE INTRAOCULAR, que irá realizar a mesma função do cristalino.

No entanto, existem diversas marcas, modelos e tipos de lentes INTRAOCULARES e neste ponto se encontra algumas vantagens significativas da cirurgia de catarata.

Como os pacientes geralmente tem mais de 50 anos de idade, além da catarata, podem ter outros problemas visuais como a PRESBIOPIA (vista cansada) que prejudica a visão de perto, sendo necessário o uso de óculos, também existem os erros refrativos como MIOPIA, HIPERMETROPIA E ASTIGMATISMO.

O USO DE LENTES INTRAOCULARES avançadas permite a correção de problemas visuais, que sem a lente necessitariam de óculos ou lentes de contato para corrigir a visão, as lentes intraoculares podem ter grau de perto, longe, meia distância ou ainda os três no caso das lentes TRIFOCAIS, assim a visão do paciente além de ficar sem a catarata pode ser otimizada com o uso de LENTES MULTIFOCAIS E TRIFOCAIS.

Nos exames PRÉ-OPERATÓRIOS é possível identificar com precisão quais as lentes intraoculares mais indicadas para cada paciente, considerando além de suas características visuais o seu estilo de vida, se o paciente deseja ficar mais independente de óculos, por exemplo, para praticar atividades mais dinâmicas ou esportivas.

Qual o prazo da lente INTRAOCULAR?

As lentes intraoculares já existem há muitos anos e o material tem durabilidade muito longa, atingindo toda a expectativa de vida do paciente, não sendo necessário a troca da lente.

Qual a melhor idade para realizar a cirurgia de catarata?

Essa é uma dúvida muito comum dos pacientes. Dr. Artur Schmitt explica que a idade depende do diagnóstico da catarata, atualmente não esperamos a catarata avançar para a cirurgia, podemos fazer o procedimento já nos estágios iniciais, corrigindo e melhorando a visão do paciente, até mesmo eliminando ou reduzindo a necessidade do uso de óculos após a cirurgia.

Outra vantagem de realizar o procedimento nos estágios iniciais é que o cristalino não está muito afetado e a cirurgia é mais rápida e segura para o paciente.

Evidente que os exames pré-operatórios e o diagnóstico são importantes na definição da necessidade ou não da intervenção cirúrgica.

Quanto custa uma cirurgia de catarata?

O preço da cirurgia pode variar sobretudo pela escolha da LENTE INTRAOCULAR, nesse sentido é importante considerar que a cirurgia irá impactar a vida nos próximos 30, 40, 50 anos. Por isso é salutar certificar-se de realizar um procedimento que vai atender a expectativa num período de tempo mais longo.

Com o tempo perdemos mobilidade, passamos a ter dificuldades em atividades simples como caminhar, por exemplo. Uma visão boa ajuda e atenua os efeitos desse processo natural de envelhecimento e facilita o deslocamento do indivíduo.

Muitas pesquisas indicam que uma grande parcela de quedas e tombos de idosos, que resultam em traumas leves, moderados ou graves, tem relação com a acuidade visual.

Cirurgia de catarata em Curitiba

Dr. Artur Schmitt realizou especialização em Cirurgia de Catarata no Bascom Palmer Eye Institute, da Universidade de Miami, nos EUA — eleito nos últimos 12 anos o melhor Hospital de Oftalmologia dos EUA.

Dr. Artur é mestre e doutor (PhD) com tese em Cirurgia de Catarata pela UFPR. Atende seus pacientes em moderna clínica em Curitiba e realiza seus procedimentos em um avançado centro de referência em Oftalmologia.

Agendamento de Consultas:

Para saber mais informações ou agendar sua consulta, ligue para 41 3075-2018, 41 30750-2020 ou entre em contato via Whatsapp.

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Agendar agora
1
Converse com Dr. Artur
Olá, para falar com Dr. Artur Schmitt e agendar sua consulta via Whatsapp, clique no botão abaixo.
Powered by