Entenda mais sobre a catarata

Algumas doenças são de convívio comum do ser humano, a catarata é uma delas, mas você sabe o que é e como ela funciona? Neste texto vamos falar um pouco mais sobre esse mal que pode levar a cegueira e atinge milhares de brasileiros anualmente.

A catarata é a opacificação do cristalino, uma lente natural do nosso olho, com isso a visão se torna turva e a esse processo destina-se o nome da doença, cujo único tratamento é cirurgia.

DOENÇA

A catarata é um transtorno ocular muito comum e que torna desconfortável a vida das pessoas que padecem dessa doença, mas é possível tratá-la, ela é um processo no qual ocorre uma opacificação do cristalino do olho.

A principal causa de tratamento da doença é a cirurgia, na qual o cristalino opacificado é substituído por uma lente artificial que passará a exercer a função da parte do olho que estava danificada e então foi trocada.

CIRURGIA

A Cirurgia de Catarata é tratamento para a principal causa de cegueira reversível do mundo. Em geral, a cirurgia de catarata é indicada quando a opacificação do cristalino já é grande suficiente para interferir nas atividades comuns do dia a dia. O ideal é o médico decidir juntamente com o paciente qual a melhor hora de operar. Ao contrário do que acontecia antigamente, quando a técnica cirúrgica ainda era pouco desenvolvida e os riscos de complicações eram altos.

Não é mais preciso esperar a catarata chegar a estágios muitos avançados para se operar. Se a catarata incomoda paciente, isso já motivo suficiente para marcar a cirurgia.

A cirurgia da catarata consiste na retirada do cristalino (lente natural dos olhos) opacificado e sua substituição por uma lente intraocular artificial, que não é ligada aos músculos que movimentam esta lente. Isso se dá através de uma técnica chamada de facoelmulsificação ou cirurgia de catarata com pequena incisão.

Hoje a cirurgia de catarata mais moderna é a facoemulsificação. Esta técnica utiliza ultra-som para fragmentar cristalino e permitir que ele seja retirado por uma pequena incisão, geralmente sem necessidade de dar pontos após procedimento. O paciente é operado sob anestesia local (geralmente por colírio) e a cirurgia demora cerca de 20 minutos. Depois de algumas horas paciente é liberado e vai para casa no mesmo dia.

Após a cirurgia deve-se pingar alguns colírios por um período de uma a duas semanas para a recuperação completa.

Uma vez retirada a catarata é necessário que se utilize outra lente para se restaurar foco. Atualmente, implante cirúrgico de lentes intra-oculares (cristalino artificial) dentro dos olhos é a maneira mais eficaz de se restaurar a visão. Essas lentes, feitas em material plástico, ficam permanentemente encaixadas e adaptadas nos olhos, substituindo cristalino natural.

A cirurgia de catarata tem uma alta taxa de sucesso. As complicações existem, mas felizmente são raras e muitas vezes contornáveis. A grande maioria dos pacientes operados (cerca de 99%, varia de acordo com cirurgião) recupera a visão.

A cirurgia é realizada com ajuda de anestesia tópica ou local e se necessária é feita sedação, demorando cerca de 15 a 30 minutos e não provoca grande desconforto ao paciente. Em média em 7 dias paciente já está apto a retornar as suas atividades rotineiras.

TRATAMENTO PARA CATARATA EM CURITIBA

Conheça o Dr Artur Schmitt, Mestre e Doutorado (PhD) pela UFPR e especialista em Cirurgia Refrativa pelo Bascom Palmer Eye Institute da Universidade de Miami, eleito nos últimos 12 anos o melhor hospital de olhos dos EUA. O Dr Artur Schmitt realiza seus atendimentos em moderno consultório oftalmológico em Curitiba. Para saber mais acesse WWW.arturschmitt.com.br ou ligue para  41 30752018 ou 41 30752020



Deixe uma resposta

Cirurgia de Ceratocone em Curitiba