Os danos que o sol pode causar aos olhos

Durante o verão sempre temos a preocupação de proteger a pele do sol, ele pode ser muito nocivo causando queimaduras, manchas, rugas e até mesmo câncer. Porém o que nem sempre lembramos é proteger os olhos, eles são órgãos que podem sofrer grandes danos com os raios emitidos por esse corpo celeste.

Muitos são os cuidados que tomamos com o sol, guarda sol, protetor solar, evitar a exposição durante horários não recomendados. Porém isso, quase sempre, está voltado à proteção da pele, com isso, a atenção necessária à saúde dos olhos fica de lado, sendo isso um profundo risco a nossa saúde, pois os olhos expostos a um alto contato com raios solares podem desenvolver diversas doenças e malefícios ao ser humano.

Os raios mais nocivos à saúde dos olhos são os do tipo ultravioleta, eles são emitidos pelo sol e têm a capacidade de penetrar sem muita dificuldade na atmosfera terrestre e, posteriormente, no interior do globo ocular.

RAIOS ULTRAVIOLETAS

O sol produz muita energia, é uma estrela que sozinha produz calor e luz a todo um sistema planetário. E isso é muito importante para manutenção da vida na terra.

Uma forma de energia produzida em abundancia pelo sol são os chamados raios ultravioletas, eles são muito importantes para um suporte orgânico necessário na terra, porém quando em contato direto com o ser humano podem acarretar em muitos malefícios ao nosso organismo.

Os raios UV são divididos em duas categorias, “A” e “B” onde os do tipo UVA são mais nocivos do que o outro, uma vez que seu poder de penetração é maior, podendo ele atravessar as nuvens e penetrar em nossa pele e nosso olho.

DANOS CAUSADOS PELOS RAIOS UV

O corpo humano é capaz de repor células danificadas, porém o cristalino é uma exceção, essa parte muito importante do olho não é substituída pelo organismo em casos de danos irreversíveis. Casos de catarata são comuns em pessoas que acumularam exposição condições danosas aos olhos, os raios UV são os maiores causadores desse tipo de mal.

Os raios UV adentram as camadas internas do olho, parando os do tipo UVB na córnea e no cristalino, e os UVA chegando a partes mais profundas como a retina. Uma exposição prolongada a essa forma de radiação solar pode acarretar em muitas doenças da visão, tais como catarata (que pode resultar na perda total ou parcial da visão) e males como ceratite, que é um tipo de “queimadura” e pode gerar grande incomodo.

CUIDADOS CONTRAS OS RAIOS UV

Assim como a pele, muito deve se cuidar dos olhos, mediante a níveis maiores de exposição dos raios UV. Em lugares como praia, em meio ao mar ou mesmo em grandes altitudes, a incidência de radiação solar é maior, com isso, deve-se elevar e muito a atenção em proteger os olhos.

Óculos escuros são muito indicados para a proteção dos olhos, porém na ora da compra deve-se optar por peças que tenham as lentes grandes e mais rentes aos olhos, uma vez que esses raios podem entrar pelas laterais também.

Caso tenha você tenha sofrido uma longa exposição a raios solares e isso te causou algum tipo de incomodo na visão, procure imediatamente um oftalmologista de confiança.

TRATAMENTO PARA DOENÇAS OFTALMOLOGICAS EM CURITIBA

Conheça o Dr Artur Schmitt, Mestre e Doutorado (PhD) pela UFPR e especialista em Cirurgia Refrativa pelo Bascom Palmer Eye Institute da Universidade de Miami, eleito nos últimos 12 anos o melhor hospital de olhos dos EUA. O Dr Artur Schmitt realiza seus atendimentos em moderno consultório oftalmológico em Curitiba. Para saber mais acesse www.arturschmitt.com.br ou ligue para  41 30752018 ou 41 30752020



Deixe uma resposta

Cirurgia de Ceratocone em Curitiba